Origem da Guerreira: Conheça o game da Mulher-Maravilha em 8 bits

Gratuito e em 8 bits, o game Mulher-Maravilha: Origem da Guerreira já está disponível online, recriando uma das melhores cenas do filme (clique aqui para ler a crítica completa) que estreia nos cinemas brasileiros no dia 1º de junho. Para os fãs que quiserem conferir o jogo da Princesa Amazona da DC Comics, basta visitar a página oficial da produção (mulhermaravilha.com.br) lançada pela Warner Bros. Pictures ou conferir o aplicativo diretamente neste link.

Empodere-se! Derrote os vilões da 1ª Guerra Mundial com a Mulher-Maravilha! (Foto: Warner)

Empodere-se! Derrote os vilões da 1ª Guerra Mundial com a Mulher-Maravilha! (Foto: Warner)

Com gráficos e dinâmicas que remetem a clássicos dos videogames, Origem da Guerreira coloca a Mulher-Maravilha diante da Primeira Guerra Mundial, como acontece no longa protagonizado por Gal Gadot (Velozes e Furiosos 6) e dirigido por Patty Jenkins (The Killing). Deste modo, no jogo, a super-heroína precisa invadir o território inimigo defendendo-se de tiros e mísseis com seu escudo e derrotando soldados com sua espada e o Laço da Verdade.

Em Mulher-Maravilha: Origem da Guerreira, os comandos são simples: seta para a esquerda ataca e para a direita defende. (Foto: Warner)

No game oficial de Mulher-Maravilha, os comandos são simples: seta para a esquerda ataca e para a direita defende. (Foto: Warner)

O game, que funciona no PC e smartphone, é divido por fases – chamadas de “trincheiras” –, que aumentam seu nível de dificuldade e variedade de perigos conforme o progresso do jogador.

Comentários

comentários

Henrique Almeida

Henrique Almeida

Jornalista formado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado) em 2013. Atuou na redação dos portais Pensamento Verde e Mundo Carreira. Fundador do Boletim Nerd, realizou a cobertura dos eventos Comic Con Experience, Brasil Game Show e Campus Party e do lançamento de Star Wars: O Despertar da Força, Capitão América: Guerra Civil e Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Comentários estão fechados